CRIS FORSTER



Cristiano M.L. Forster (Cris Forster) - EUA 


Cris Forster nasceu no Rio de Janeiro, em 1948 e foi para Berlim em 1954, portanto com seis anos de idade. Mas não ficaria aí, pois em 1958 já estava em Nova Iorque, estabelecendo-se finalmente na Califórnia, a partir de 1961. 

Obteve o bacharelado em História (com louvor) pela University of California, Santa Cruz em 1970. Um ano após tornar-se bacharel também em Música (Piano) pela Lone Mountain College (San Francisco) em 1974, começa a construir originais instrumentos, bem como a compor e executar música de uma natureza especial. 
Entre 1976 e 1980, tornou-se curador, arquivista e intérprete da Fundação Harry Partch. Afinou, reparou e reconstruiu os instrumentos de Partch. Em 1980 coordenou e supervisionou uma turnê desses instrumentos por Berlim e Colônia, como músico dos instrumentos de cordas e percussão, especialmente a Marimba Eroica. 

Em 1982, criou a Fundação Chrysalis e durante toda a década (1981-1990) elaborou composições e realizou apresentações por todo o estado da Califórnia. Na década seguinte, (1991-2000) escreveria o livro Musical Mathematics: On the Art and Science of Acoustic Instruments (Matemática Musical: Sobre a Arte e Ciência dos Instrumentos Acústicos). 


Mais recentemente, (2001-2011) aperfeiçoou os instrumentos, reeditou o livro, escreveu novas peças e realizou inúmeras performances musicais. 





Matemática Musical: Sobre a Arte e Ciência dos Instrumentos Acústicos

http://www.chrysalis-foundation.org/ 


 A Fundação Chrysalis é uma instituição de educação e artes sem fins lucrativos que visa incentivar a criação de novos instrumentos musicais acústicos, e oferecer suporte a composições e performances para estes instrumentos. Para alcançar esses objetivos é preponderante o trabalho do mestre construtor, compositor e escritor Cris Forster, cujos instrumentos acústicos originais são projetados para explorar novas afinações em "just intonation". Ao encarar a arte da afinação mais como uma variável do que como uma constante, a música pode resgatar a força vital capaz de expressar e resolver as complexidades de nossas mentes e espíritos. Um dos sete instrumentos que compõem o núcleo musical, e que dá nome à própria Fundação, é a Crisálida. 





Chrysalis - Cris Forster 

Crisálida 

Cris Forster inspirou-se em um enorme e redondo calendário asteca de pedra talhada, para criar a Chrysalis, — seu principal instrumento de concerto. Construído entre 1975 e 1976, o instrumento possui dois lados, tampos sonoros em forma circular, com 82 cordas em cada um dos lados. A roda gira livremente em qualquer direção e produz um som como o que pode ser escutado na amostra a seguir: 

 Amostra da Chrysalis 


http://www.oddmusic.com/chrysalis_foundation/om_cf1.html 


Mais informações sobre a Chrysalis aqui: 


http://www.chrysalis-foundation.org/chrysalis.htm

Comentários